segunda-feira, 30 de maio de 2011

[Recomendo] Leia-me

A dica de livro dessa semana é:



LEIA-ME
Rodolpho P. Wraider
196 páginas
Baraúna

"- Ou você se sacrifica agora, pois sei que ainda tem mais duas interessantes histórias para diverti-lo dentro destas paredes… ou morrerá pelas mãos do próprio diabo. E ele nunca teve paciência de sair do trono e cuidar de reles criaturas humanas, feito você." O neto do Conde, William Shautter, vem visitá-lo depois de muito tempo sem ter noticias do avô. E logo que chega ao escritório para pôr os assuntos em dia, eis que as coisas começam a ficar estranhas. Sente o odor de sangue sair da estante de livros raros do avô. Especificamente o único livro com o nome possível de ser lido por qualquer um. Mas seu conteúdo, ilegível aos olhos do não portador. Uma escrita milenar forma o conteúdo. E então, por sua tamanha curiosidade, se torna o dono do livro, após o avô constatar a verdade da história do antigo senhor – quem o escreveu -, contada por um padre que anos atrás fora o copeiro da casa deste mesmo homem: a inacreditável mudança de leitura, do hebraico para a língua comum. E quando é deixado sozinho no escritório com o volume em mãos, a sua noite muda drasticamente. Ele deve obedecer a ordem do livro “quando começado… deve ser terminado”, para encerrar e aprisionar os que dele se libertaram, enquanto tenta permanecer vivo até a leitura ser concluída, pois não contava ser perseguido pelos espíritos adormecidos dentro dos manuscritos. "Como numa linha interligando todas as cabanas da aldeia, os habitantes de imediato despertaram em causa de ataques. Muitos deles acabaram no chão das casas por motivo de grande dor, medo, e na tentativa de se salvarem, arrastando os inválidos corpos até a porta, onde terminavam por falecer."

LEIA-ME - quando começado... deve ser terminado - Rodolpho P. Wraider

Um comentário:

  1. Eu também recomendo! rsrs

    Você é demais Paula!

    Um abraço.

    ResponderExcluir